domingo, 7 de agosto de 2016

Benfica 3 - Braga 0

Benfica entra com o pé direito na época 2016/17. Entrada muito forte nos primeiros 25 minutos, que permitiram a equipa se adiantar no marcador, depois o Braga reagiu e equilibrou o jogo, dividindo as oportunidades de golo até ao final do jogo. A qualidade dos atacantes do Benfica fizeram a diferença mais uma vez, Jonas mesmo ainda um pouco atrasado na preparação fisica no campo demonstra que é o melhor jogador do nosso campeonato, de longe.




Benfica, dos 5 elementos responsáveis pela defesa da sua baliza, neste jogo utilizou apenas 1 defesa que terminou a época passada a titular e alterou 4 posições, o que demonstra a grande valia do plantel actual, pois como é obvio, tanto o Nelson Semedo, como o Lindelof ou o Grimaldo serão neste momento sempre melhores jogadores do que eram na época passada, uma vez que nessa altura estavam a realizar a sua época de estreia numa equipa principal sénior e logo num grande clube como o Benfica em que não há margem para erros próprios de jogadores inexperientes, pois existe sempre a exigência de lutar pelos troféus em todas as competicões.
Na época passada, o Benfica terminou a temporada com:

  1. Ederson na Baliza (como está lesionado hoje jogou o Julio César)
  2. André Almeida - defesa direito (como está lesionado hoje jogou o Nelson Semedo)
  3. Lindelof - Central do lado direito (hoje jogou o Luisão como central do lado direito)
  4. Jardel - Central do lado Esquerdo (como está lesionado hoje jogou o Lindelof nesse lado)
  5. Eliseu - Defesa Esquerdo (como o campeão europeu só agora começou a treinar, hoje jogou o Grimaldo)
Por aqui se vê que mesmo não tendo havido mexidas no quadro de guarda redes e defesas do Benfica em relação a época passada em princípio todos reconhecemos que a grande maioria da defesa são hoje melhores jogadores do que eram à um ano atrás, apenas o Luisão poderá ter neste momento menos capacidades fisicas do que tinha no ano passado.

Para o lugar de medio/extemos  desequilibradores saiu o Nico Gaitan e entraram o Franco Cervi que ja demonstra a sua qualidade, o André Carrillo cujas qualidades já foram demontradas na nossa liga e ainda o jovem campeão mundial Sub-20, Zivcovic, de quem se esperam grandes feitos no futuro.

No corredor central do meio campo, a saida do jovem Renato Sanches (18 anos), permitiu a entrada no plantel do André Horta (19 anos) e ainda foi contratado outro jovem com grande potencial que poderá disputar quer a posição do nº8, quer o do nº6 no modelo de jogo do Benfica de Rui Vitória.

Na minha opinião saindo o Talisca, tera que chegar mais um médio claramente com as caracteristicas ofensivas para ser um nº8 ou nº10 neste plantel, tem-se falado do Hernanes, que com a sua qualidade, capacidade de fazer/criar golos e experiênçia seria o elemento certo para equilibrar este plantel.

Pois do onze titular de hoje, podemos ver que a actual equipa é bastante jovem, pois André Horta tem 19 anos, Grimaldo tem 20 anos, Lindelof tem 22 anos, Nelson Semedo tem 22 anos, Franco Cervi tem 22 anos e se por exemplo o Ederson (22 anos) regressar a titularidade quando recuperar da lesão, o Fejsa e o Jonas tiverem uma lesão em Março/Abril entrando para os seus lugares o Danilo Barbosa (20 anos) e o Gonçalo Guedes (19 anos), corremos o risco de ter de disputar uns 1/8, 1/4 ou 1/2 da Champions com uma equipa demasiado jovem para ter sucesso nas competições europeias ou contra qualquer grande equipa já consolidada.

Para o Tondela, Moreirense, Estoril, a equipa mesmo sem mais nenhum reforço chegará, ninguèm notará a falta de experiência, mas ao alto nível as debilidades vão aparecer, por isso, ainda deveria entrar no plantel mais um nº8 devidamente experimentado.


Sem comentários: