terça-feira, 9 de outubro de 2018

As nomeações e o seu efeito no rendimento desportivo

Desta vez, foi nomeado o Fábio Veríssimo da A. F. Leiria, coincidência ou não, sem a proteção dos árbitros da sua própria associação, o F. C. Porto acabou por ser derrotado pelo Benfica. Quem pode afirmar que este ano, o Benfica ou o F. C. Porto apresentaram um desempenho em campo muito diferente dos anos anteriores, o resultado sim foi muito diferente. Já no que diz respeito a arbitragem, pelo menos desta vez não se sentiu que uma das equipas jogou mais confortável por historicamente com esse arbitro ter tido sempre mais sorte nas decisões arbittrais que o rival.

Nas anteriores 5 épocas, o Conselho de Arbitragem decidiu nomear 9 vezes em 10 possíveis, árbitros da A. F. Porto, para o grande Clássico do futebol português (Benfica - F. C. Porto). Resultado de um critério flagrantemente tendencioso utilizado pelo Conselho de Arbitragem, o F. C. Porto aproveitou para conseguir nos últimos anos um desempenho muito superior ao do Benfica nos clássicos, mesmo sendo em 5 épocas em que o Benfica se sagrou 4 vezes campeão e o F. C. Porto apenas 1 vez. Para aqueles que desvalorizam o facto de terem sido 9 em 10 clássicos com o conforto de ter árbitros da própria associação a dirigir esses jogos contra o rival direto na disputa dos troféus, imaginem agora que os próximos 9 confrontos diretos (Benfica - F. C. Porto) eram nomeados 9 vezes árbitros da A. F. Lisboa. Se assim for, o mais expetável é que nos 10 anos de clássicos, o F. C. Porto obtenha um rendimento médio pior nos próximos anos 5 do que teve nos 5 anos que já passaram. Nunca consigiremos a prova desses dados estatísticos, porque quem manda no futebol português nunca permitirá que, o Benfica joge com o conforto arbitral em 9 dos 10 confrontos diretos com o F. C. Porto em 5 épocas seguidas! Ou alguém acredita que podemos vir a assistir a 9 nomeações de árbitros de Lisboa para os próximos 9 clássicos?


Com árbitros da A. F. Porto era algo bastante previsível haver uma vantagem arbitral para o F. C. Porto, pois ao longo das últimas 11 épocas, os dados estatísticos revelam que nos jogos arbitrados por Artur Soares Dias ou Jorge Sousa, o F. C. Porto é de longe, o clube com o melhor rendimento desportivo em Portugal, o inverso também é verdade, o Benfica tem obtido um melhor rendimento médio que o F. C. Porto com os árbitros lisboetas, João Capela, Tiago Martins e Hugo Miguel nestas últimas 11 épocas, mas nenhum destes árbitros lisboetas foram nomeados para confrontos entre o Benfica e o F. C. Porto ao contrário dos árbitros da A. F. Porto que foram recorrentemente nomeados para clássicos. Com os 2 árbitros da A. F. Porto anteriormente referidos, a diferença do F. C. Porto para o Benfica é abismal , no caso do Jorge Sousa chegamos mesmo ao cumulo de com o seu critério arbitral, o Benfica ser dos 4 candidatos ao título, aquele que tem o pior rendimento médio nestas últimas 11 épocas, pois sob a sua arbitragem em média apenas conquistou 58% dos pontos possíveis nesses 23 jogos, sendo que nesse mesmo período com ele o Braga conseguiu conquistar 64% dos pontos possíveis em 23 jogos, o Sporting conquistou 71% dos pontos possíveis em 17 jogos e o F. C. Porto conseguiu conquistar 75% dos pontos possíveis em 20 jogos. Nestas 11 épocas, o Jorge Sousa já assinalou 3 penaltis contra o Benfica e apenas assinalou 1 penalti contra o F. C. Porto, todos sabemos da enorme dificuldade que este arbitro tem em assinalar penaltis contra o F. C. Porto, quem não se lembra dos 2 dias seguidos em que não viu as infrações na área do F. C. Porto na Madeira (o famoso jogo do nevoeiro).



O Artur Soares Dias já assinalou 5 penaltis contra o Benfica e apenas 2 contra o F. C. Porto, todos sabemos as dificuldades que este arbitro tem em assinalar decisões arbitrais desfavoráveis ao F. C. Porto como se pode ver nos exemplos seguintes.








Foi desta clara tendência protetora dos interesses do F. C. Porto, que o Benfica se safou ontem, ao finalmente não ter que defrontar o F. C. Porto, num jogo arbitrado pelo Jorge Sousa ou Artur Soares Dias. As probalidades de sucesso do Benfica aumentam logo muito se o Conselho de Arbittragem não lhe obrigar a ter que ultapassar também o arbitro, além de um rival dificil como o F. C. Porto.

domingo, 7 de outubro de 2018

HUGO MIGUEL (ARBITRAGEM)

HUGO MIGUEL - DADOS ESTATISTÍCOS DOS ÚLTIMOS 10 CAMPEONATOS
Não foram anunciadas publicamente as classificações dos árbitros da época 2017/18.
Arbitro da A.F. Lisboa, foi o 6º classificado da época 2016/17 e tinha sido o 11º classificado da época 2015/16.

Última atualização dos jogos do Hugo Miguel, feita após o Portimonense 4 -Sporting 2, da 7ª jornada desta época 2018/19.


QUERES CONHECER SE O TEU CLUBE TEM UMA % DE APROVEITAMENTO MELHOR OU PIOR COM O ARBITRO NOMEADO PARA ESTA JORNADA DO QUE O RENDIMENTO MÉDIO DO CLUBE COM TODOS OS RESTANTES ARBITROS? Neste blog terás essas respostas, com a indicação de todos os penaltis e expulsões assinalados.

PONTO ESSENCIAL: O ARBITRO NUNCA DEVERIA SER UM ELEMENTO DETERMINANTE NO PROCESSO DE REPARTIÇAO DOS PONTOS EM DISPUTA NUMA PARTIDA DE FUTEBOL.  Comparando a % pontos conquistados com um determinado arbitro com a % média do clube com todos os restantes árbitros, conheceremos o posicionamento do arbitro perante esse clube. Diferenças maiores em 20% ou menores a (-20%) em relação ao rendimento médio do clube indicia que o arbitro beneficia(+) ou prejudica(-) o rendimento da equipa, ou seja que esse arbitro interfere tendencialmente no rendimento médio do clube e por isso não deve ser nomeado para arbitrar jogos desse clube. Apenas são aceitáveis pequenas variações no desempenho das equipas com um arbitro em concreto em relação ao seu desempenho médio com todos os árbitros.
Nos links que se seguem estão todos os jogos dos 4 grandes clubes com cada um dos seguintes árbitros nos últimos 11 campeonatos.
                                                            Link com os dados do Pedro Proença
                                                            Link com os dados do Jorge Sousa
                                                            Link com os dados do Artur Soares Dias
                                                            Link com os dados do Duarte Gomes
                                                            Link com os dados do João Capela
                                                            Link com os dados do Paulo Batista
                                                            Link com os dados do Olegário Benquerença
                                                            Link com os dados do Bruno Paixão
                                                            Link com os dados do Rui Costa
                                                            Link com os dados do Bruno Esteves
                                                            Link com os dados do Carlos Xistra
                                                            Link com os dados do Cosme Machado
                                                            Link com os dados do Marco Ferreira
                                                            Link com os dados do Vasco Santos

Com as características do tipo de arbitragem protagonizada pelo Hugo Miguel neste últimos 10 campeonatos, os clubes ficariam com a seguinte ordem,
1º - Benfica (conquistou 84% dos pontos disputados) 
2º - F.C. Porto (conquistou 82% dos pontos disputados
3º - Sporting (conquistou 67% dos pontos disputados) 
4º - Braga (conquistou 65% dos pontos disputados) 

É verdade que todos os 4 candidatos ao titulo obtiveram um desempenho com este arbitro superior, ao desempenho médio do clube com os restantes árbitros nestas últimas 11 épocas. 
Hugo Miguel já conseguiu a promoção para arbitro internacional, neste momento é já um dos ARBITROS PROFISSIONAIS. Com Hugo Miguel tendencialmente os grandes não são prejudicados,  todos tem um rendimento médio com este arbitro superior ao seu rendimento médio com todos os outros árbitros. Até a data, apenas o Benfica teve concretamente algumas razões de queixas do Hugo Miguel em 3 empates consentidos, jogos em que ocorreram erros grosseiros deste arbitro, ao não assinalar os respectivos penaltis nestes 3 lances documentados nas imagens que se seguem.



Um dos erros arbitrais mais famosos do Hugo Miguel foi este lance em que James tropeça e ele transformou em penalti num jogo em que se decidia o titulo (última jornada do campeonato).


                                                                                                       Resultado de imagem para liga nos
                                                                   









 Os dados discriminados de todos os jogos dirigidos pelo Hugo Miguel de cada uma das equipas são:
















Este arbitro revela condições de imparcialidade para apitar os 4 clubes analisados?
Qual ou quais são os clubes em que os números revelam uma tendência?
Agradecemos o teu comentário/análise aos números estatísticos desde arbitro nos jogos em que dirigiu o teu clube, ou algum dos 3 rivais ao teu.

Nesta temporada 2018/19, Hugo Miguel arbitrou os seguintes jogos:

  • Portimonense 4 -Sporting 2, na 7ª jornada 



FÁBIO VERÍSSIMO

FÁBIO VERÍSSIMO - DADOS ESTATISTÍCOS DOS ÚLTIMOS 10 CAMPEONATOS
Não foram anunciadas publicamente as classificações dos árbitros da época 2017/18.
Arbitro A.F. Leiria, jovem arbitro Internacional, foi o  7º classificado da época 2016/17 e também já tinha sido o 7º classificado da época 2015/16.

Atualização dos números dos jogos arbitrados pelo Fábio Veríssimo após o Benfica 1 - F. C. Porto 0 da 7ª jornada da época 2018/19.

.
QUERES CONHECER SE O TEU CLUBE TEM UMA % DE APROVEITAMENTO MELHOR OU PIOR COM O ARBITRO NOMEADO PARA ESTA JORNADA DO QUE O RENDIMENTO MÉDIO DO CLUBE COM TODOS OS RESTANTES ARBITROS? Neste blog terás essas respostas, com a indicação de todos os penaltis e expulsões assinalados.

PONTO ESSENCIAL: O ARBITRO NUNCA DEVERIA SER UM ELEMENTO DETERMINANTE NO PROCESSO DE REPARTIÇAO DOS PONTOS EM DISPUTA NUMA PARTIDA DE FUTEBOL.  Comparando a % pontos conquistados com um determinado arbitro com a % média do clube com todos os restantes árbitros, conheceremos o posicionamento do arbitro perante esse clube. Diferenças superiores +20% ou inferiores -20% em relação ao rendimento médio do clube indiciam que o arbitro beneficia(+) ou prejudica(-) o rendimento médio da equipaou seja este arbitro interfere tendencialmente no rendimento médio do clube e por isso não deve ser nomeado para arbitrar jogos desse clube.


Nos links que se seguem estão todos os jogos dos 4 grandes clubes com cada um dos seguintes árbitros nos últimos 11 campeonatos.                       
                                                                             Link com os dados do Pedro Proença
                                                                             Link com os dados do Jorge Sousa
                                                                             Link com os dados do Artur Soares Dias
                                                                             Link com os dados do Duarte Gomes
                                                                             Link com os dados do João Capela
                                                                             Link com os dados do Paulo Batista
                                                                             Link com os dados do Hugo Miguel
                                                                             Link com os dados do Olegário Benquerença
                                                                             Link com os dados do Rui Costa
                                                                             Link com os dados do Bruno Esteves
                                                                             Link com os dados do Carlos Xistra
                                                                             Link com os dados do Cosme Machado
                                                                             Link com os dados do Marco Ferreira
                                                                             Link com os dados do Vasco Santos




Analisando as % de aproveitamento dos clubes nos jogos arbitrados pelo Fábio Veríssimo conclui-se que com o tipo de arbitragem deste arbitro a classificação destes últimos 11 anos seria:
 Benfica (conquista 100% dos pontos em disputa com este arbitro)
 Sporting (conquista 87% dos pontos em disputa com este arbitro) 
3º F.C. Porto (conquista 75% dos pontos em disputa com este arbitro) 
4º Braga (conquista 67% dos pontos em disputa com este arbitro) 


Fábio Veríssimo é um arbitro que ainda conta com poucos jogos dirigidos de cada um dos candidatos. A amostra é realmente bastante pequena e ainda não permite grandes conclusões com base nos dados estatísticos. Curiosamente já assinalou 4 decisões arbitrias favoráveis ao Benfica (2 penaltis convertidos no 4º e 5º golo da vitória por 6-0 contra o Marítimo e 3 expulsões favoráveis, uma aos 91 minutos contra o P. Ferreira, uma aos 95 minutos contra o Arouca e outra aos 88 minutos num Marítimo 0 - Benfica 2 em que o Benfica já estava em inferioridade numérica desde os 37 minutos por expulsão do Renato Sanches). Ou seja, os 2 penaltis e as 3 expulsões favoráveis ao Benfica que Fábio Veríssimo assinalou foram sempre em situações que não tinham qualquer potencial para que o Benfica melhorasse o seu rendimento desportivo, ao contrário das 2 expulsões desfavorável ao Benfica que ele assinalou, uma contra o F. C. Porto a 12 minutos do fim e outra na última deslocação do Benfica da época 2015/16, em que colocou o Benfica em inferioridade numérica quando ainda faltava disputar 53 minutos de jogo, ainda com 0-0 no marcador. Fábio Veríssimo assinalou 5 decisões arbitrais favoráveis ao F. C. Porto (2 penaltis e 3 expulsões que deixaram o adversário em inferioridade numérica em campo durante 99 minutos). Fábio Veríssimo já assinalou 2 penaltis desfavorável ao Sporting e também já assinalou 2 decisões arbitrais favoráveis ao Sporting (o penalti que pernitiu abrir o marcador no jogo contra o P. Ferreira e a inexplicável expulsão aos 32 minutos de um jogador do Nacional ainda com 0-0 no marcador, sendo que  o Sporting aproveitando a superioridade númerica acabou por conseguir marcar o golo da vitória aos 86 minutos). 


Os dados estatísticos dos jogos arbitrados pelo Fábio Veríssimo são os seguintes:





Os dados discriminados dos 4 clubes são os seguintes:







Depois de conheceres os dados estatísticos dos jogos arbitrados pelo Fábio Veríssimo queremos saber a tua opinião.
Este arbitro revela condições de imparcialidade para apitar os 4 clubes analisados?
Qual ou quais são os clubes em que os números revelam uma tendência?
Agradecemos o teu comentário/análise aos números estatísticos desde arbitro nos jogos em que dirigiu o teu clube, ou algum dos 3 rivais ao teu.

Estas são as estatísticas dos jogos arbitrados pelo Fábio Veríssimo nesta temporada 2018/19:

  • Nacional 0 - Benfica 4 na 4ª jornada.
  • Belenenses 0 - Braga 3 da 6ª jornada.
  •  Benfica 1 - F. C. Porto 0 da 7ª jornada