quarta-feira, 6 de abril de 2016

OCTAVIO MACHADO ESCOLHE JORGE SOUSA

Octávio Machado, elogiou a nomeação do Nuno Almeida para o Sporting-Maritimo, criticou a nomeação do João Capela para a Académica-Benfica e assume preferência Sportinguista por Jorge Sousa. 
Não é usual os clubes assumirem expressamente os seus àrbitros preferidos, mas quem segue com atenção estas questões arbitrais, não ficou nada admirado com esta declaração de amor ao Jorge Sousa por parte de um dirigente do Sporting.

O Sporting nas últimas 8 épocas, conquistou 82% dos pontos disputados nos 13 jogos arbitrados pelo Jorge Sousa, ou seja, apesar deste arbitro ser internacional e por isso nomeado para os jogos mais difíceis estranhamente o Sporting tem melhor rendimento com Jorge Sousa do que os 64% dos pontos que é o rendimento médio do clube com todos os outros arbitros nos últimos 8 campeonatos. Não se compreende como um clube que em mais de 200 jogos contra todos os clubes da 1ª Liga Portuguesa conquista em média 64% dos pontos, defrontando em cada campeonato de 30 ou 34 jogos, apenas por 6 vezes os seus rivais directos (Benfica, Porto e Braga), consegue ter um rendimento muito superior nos 13 jogos dirigidos pelo Jorge Sousa, mesmo tendo disputado 5 desses jogos contra os rivais naturais (Benfica, F. C. Porto e Braga). Em condições normais arbitrais nunca encontraríamos tamanha anormalidade estatistica como a que se detecta nos números do arbitro Jorge Sousa.

Com o Jorge Sousa a apitar só o F. C. Porto foi capaz de vencer o Sporting, foi a única derrota com esse arbitro nos últimos 8 campeonatos. Só para que se compreenda melhor a "sorte" sportinguista com este arbitro em concreto, todos sabemos que nas últimas épocas o Benfica e o F. C. Porto tiveram em geral muito melhores desempenhos que o Sporting, mas nos jogos dirigidos pelo Jorge Sousa, o Sporting foi claramente a melhor equipa portuguesa das últimas 8 épocas, o F. C. Porto com Jorge Sousa teve um rendimento ligeiramente inferior do que é a sua média geral com os outros àrbitros e Jorge Sousa apenas permitiu que o Benfica conquistasse 51% dos pontos nos 17 jogos que arbitrou. Nesses 17 jogos, Jorge Sousa conseguiu garantir 5 derrotas do Benfica, tal como esta época também garantiu a derrota do Benfica para a Taça de Portugal contra o Sporting, permitindo impunemente que o Luisão fique indisponível por lesão durante 5 meses e autorizando o Slimani a aplicar impunemente um perigoso golpe com o cotovelo na nuca do Samaris, como podemos ver nas imagens que se seguem.



Além desta eliminatoria da Taça, jorge Sousa també esteve no 1º jogo desta época, Sporting 1 - Benfica 0 (supertaça), em que deixou faltas na área por assinalar, ao contrário do que veio a fazerjogo Sporting-Braga, neste jogo da supertaça desvalorizou corte com a mão na área.

Como que alguém no seu juízo normal pode estar desejoso de reencontrar Jorge Sousa? Octávio Machado não quer ter a maçada de ter de tentar conquistar os pontos em disputa, prefere antes que se nomeie Jorge Sousa, a vida é mais fácil com Jorge Sousa por perto.
Será que ele não tem receio pela integredidade fisica dos atletas nos jogos arbitrados pelo Jorge Sousa?

Acreditará Octávio Machado que entradas como estas, nunca aconteceriam sobre atletas do Sporting  sem a devida punição por parte do Jorge Sousa?

Pois, se ele perdesse o seu capitão (Adrien) por 5 meses por numa falta na área não assinalada pelo Jorge Sousa seguramente não estaria com tantas manifestações de saudades como as que acaba de demonstrar em relação ao arbitro Jorge Sousa.

De ingratidão não se pode acusar o Sporting, com tamanha declaração de amor emitida pelo Octávio Machado, no que se refere ao Jorge Sousa, que está epoca permitiu ao Sporting virar um 0-2 contra o Braga, para 3-2, escapando Slimani de novo a expulsão e assim pôde marcar o último golo aos 90 minutos, dois minutos depois de agredir um jogador adversário. Aliás agressões aos Bracarenses, foi o que não faltou nesse jogo, não admira que o rendimento desses jogadores tenha decrescido com o passar do tempo de autentica tortura a que o Jorge Sousa os submeteu, como se pode verificar nestas imagens seguintes.




Qualquer dirigente desportivo com alguma integridade moral, num ano em que beneficiasse de tantos erros arbitrais, nunca devia declarar publicamente a sua preferência por esse mesmo arbitro, por muito amigo que esse arbitro tenha sido. A integridade fisica dos jogadores do Braga foi manifestamente neglegenciada pelo Jorge Sousa, mas para o Octávio Machado (alguém que também foi jogador mas pelos visto não respeita os novos obreiros do mesmo ofício) isso não interessa para nada, o que interessa é que o Sporting consiga ganhar, nem que o adversário tenha de ficar inferiorizado fisicamente por ter ficado privado da proteção do arbitro (pela não aplicação das leis do jogo). Ninguém acredita que o Jorge Sousa a 1 metro não tenha visto a perigosidade da entrada do João Mario ao Rafa, só que nessa altura do jogo com o Sporting a perder, não lhe interessou fazer cumprir a lei. Jorge Sousa com a experiência que tem sabe que se tivesse cumprido a lei, o Sporting ficando em inferiodade númerica, jamais consegueria dar a volta a esse resultado.
Octávio Machado gosta é do Jorge Sousa, puderá! Já não há sequer vergonha do ridículo, que é um clube pedir publicamente a nomeação de um arbitro amigo.

Haja decoro, Octávio Machado! 
Pedir mais nomeações do Jorge Sousa para jogos do Sporting esta época, não lembra a ninguém!
Quantas jogos Jorge Sousa tem apitar mais para que os adeptos vejam a falta de imparcialidade.

Sem comentários: