segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Sporting 2017/18

Em 07/08/2017, após a apresentação do seu último reforço, o novo defesa-direito Ristovski, o Sporting pela voz do seu presidente anunciou que tinha terminado as contratações para a nova temporada que agora se inicia. Foi a 11º contratação do Sporting para esta época, depois de:
  1. Salin para substituir o Beto como o Guarda-Redes. 
  2. Pichini para substituir o Schelotto como defesa-direito.
  3. Mathieu para substituir o Ruben Semedo como defesa-central.
  4. André Pinto para substituir o Paulo Oliveira como defesa-central.
  5. Fábio Coentrão para substituir o M. Zeegelaar como defesa-esquerdo.
  6. Rodrigo Bataglia para substituir o Bruno Paulista como médio-centro.
  7. Mattheus Oliveira para substituir o Marcelo Meli como  médio-centro.
  8. Bruno Fernandes para substituir o Elias como  médio-centro
  9. Marcos Acuña  para substituir o Bryan Ruiz como  médio/extremo-esquerdo.
  10. Seydou Doumbia para substituir o como André Baladas avançado-centro.
  11. Ristovski para substituir o João Pereira como defesa-direito.

Além destas 11 contratações, ainda houve a incorporação na equipa de 4 jovens que que já pertenciam ao clube mas que se encontravam emprestados na época passada, que são os casos do:
  • Jonathan Silva para substituir o Jefferson como defesa-esquerdo
  • Tobias Figeiredo para substituir o Douglas como defesa-central.
  • Iuri Medeiros para substituir o Markovic como  médio/extremo-direito.
  • Daniel Podence para substituir o  Joel Campbel como  2º avançado-centro ou extremo.

Quando se compara as qualidades dos jogadores que entraram com as dos que sairam, podemos dizer que na unica posição que é claro que não houve melhorias é na substituição do Beto. Existem 3 posições que claramente teremos uma melhoria na valia do elenco, que são nas posições de Defesa-Central (Mathieu), Medio-Centro (Bataglia ou Bruno Fernandes seguramente acrescentarão mais do que aquilo que o Elias e o Bruno Paulista contribuiram na época passada) e no Avançado-Centro (com o Doumbia). Nas restantes posições, o tempo dirá se o plantel ficou mais forte ou não.

Bruno de Carvalho: "Temos o plantel fechado". 

O Sporting foi o 1º dos candidatos ao titulo a entrar em acção no campeonato e é também o 1º a ter o plantel fechado para a época 2017/18. Foi isso que o presidente do clube, Bruno de Carvalho afirmou hoje, se bem que ele deixou uma resalva, de que do plantel actual poderá sair ainda algum jogador (pelas indicações dadas na pré-época estará a falar da saída do Adrien Silva ou eventualmente do William Carvalho). A saída do Adrien Silva ou William Carvalho enfraquecerá um pouco a valia do plantel mas a saída de ambos tornará o elenco bastante mais fraco, diminuindo drasticamente as hipoteses de uma época de sucesso desportivo, pois a equipa perderia 2 dos elementos mais rotinados na equipa titular do clube, logo 2 dos actuais capitães. No caso de nenhum dos dois ser transacionado neste defeso, financeiramente poderá trazer problemas de tesouraria para o clube durante a época mas seguramente desportivamente ficaria o clube com o melhor plantel possível e nesse caso, o Petrovic ou o João Palhinha, um deles abandonaria o elenco final em 31/08/2017.


O plantel do Sporting como está ao dia de hoje, está constituido por um grupo de jogadores interessantes, experientes e já com algumas provas dadas no futebol profissional, capaz de permitir ao Jorge Jesus construir uma equipa muito competitiva, para lutar pelo campeonato e também pelo apuramento na fase de grupos da Liga dos Campeões. Nunca é uma tarefa fácil, incorporar 15 novos jogadores e construir uma equipa estável de alto rendimento desportivo, isso transferindo 4 dos jogadores titulares da época anterior (o Schelotto, o Ruben Semedo, o M. Zeegelaar e o Bryan Ruiz).

O plantel final deve ser composto por 26 jogadores dos 27 nomes que constam do quadro seguinte.

Legenda: ***** - os 9 melhores jogadores do plantel em que deve assentar a equipa base, mais o suplente Bataglia, que a partida é aquele que mais hipoteses tem de vir a entrar nesse nucleo base de jogadores que definem a valia da actual equipa. A negrito estão os 5 imprescindíveis da equipa para uma época 2017/18 de sucesso, que são o Rui Patricio, o Coates, o William Carvalho, o Gerson Martins e o Bas Bost

No atual plantel não existe nenhum jogador que já tenha conquistado algum campeonato ao serviço do Sporting, pois o atleta que representa o clube há mais tempo, é o Rui Patrício, que cumpre nesta época à sua 11ª temporada no clubee o Sporting já não é campeão há 15 épocas. Sabendo-se que as equipas campeãs são constituidas por atletas com o espirito vencedor, os dirigentes sportinguistas atuaran neste defeso no sentido de apetrechar o seu elenco com jogadores com o ADN de conquistas. O Sporting sabendo que sairam do plantel jogadores como o Beto, João Pereira, Douglas, Elias, Markovic, Joel Campbel e Bryan Ruiz (que em conjunto já registam no seu histórico desportivo 13 campeonatos nacionais e 3 Ligas Europas), para compensar essa experiência vencedora que abandonou o clube, contratou para esta época, alguns jogadores que já sabem o que é ganhar campeonatos ou troféus internacionais, como são os casos do Fábio Coentrão, Mathieu, Ristovski, Marcos Acuña e S. Doumbia (em conjunto os novos reforços já ganharam 11 campeonatos nacionais e 3 Ligas dos Campeões).

Clique no Link para visualizar a nossa analise ao plantel do Sporting para a época 2016/17 publicada em 18/09/2016. Nessa data era expectável que o Marcovic e o Joel Campbel fossem 2 elementos importantes para um bom desempenho do Sporting e que o Elias fosse um bom substituto para o Adrien Silva no meio campo do Sporting, de modo a que a equipa não oscilasse muito na ausência por lesão ou castigo do seu capitão. O tremendo insucesso destes 3 jogadores, juntamente com o fraco rendimento dos 4 laterais da equipa (Schelotto /J oão Pereira / M.Zeegelaar / Jefferson) vieram hipotecar as hipoteses de sucesso desportivo na época 2016/17 para o Sporting.

Para a actual época 2017/18 os maiores riscos, que o clube corre para a nova época não seja de sucesso desportivo encontra-se novamente nos postos dos defesas laterais, estamos a falar de 4 novos laterais em relação a equipa anterior e só a competição nos vai dizer se estes elementos têm o que é necessário para solucionar o problema, pois o único destes 4 laterais, que já é um jogador com provas dadas no futebol ao mais alto nível, é o Fábio Coentrão. Ele que tem sido muito fustigado por lesões nas últimas 3 épocas. apenas participou em 42 jogos. 29 deles como titular,por isso o seu contributo/desempenho durante a temporada é também uma incognita.

Sem comentários: