sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

VASCO SANTOS ASSINALOU FALTA DO NELSON SEMEDO

Nelson Semedo sofre carga nas costas, ...Vasco apita falta! Apita, ..., apita falta do Nelson Semedo!!!
VIDEO-VASCO no seu melhor!

No futebol é permitido carga nas costas?
Ou carga nas costas é falta de quem sofre essa carga?

É que aos 39 minutos ocorreu um choque na área do Marítimo do Edgar Costa nas costas do Nelson Semedo, em consequência disso os dois jogados perdem o equilíbrio e caiem ao chão, o arbitrro assinalou falta. Falta do Nelson Semedo!!!
Estas imagens foram retiradas deste video aqui.





O Vasco Santos interpretou que o Nelson Semedo é quem impede o Edgar Costa de chegar primeiro a esta bola e não o contrário!
Será que Nelson Semedo  terá projectado as costas para trás no sentido de derrubar o Edgar Costa? Foi isso Vasco! E essa conclusão foi com ou sem recurso ao Video-Vasco?


Será que Vasco Santos consegue explicar qual foi a falta que o Nelson Semedo fez, para derrubar o jogador do Marítimo com as costas? O mais certo é nunca conhecermos a explicação, também convenhamos não é fácil explicar!

Mas será que algum arbitro consegue explicar qual foi a falta sancionada pelo Vasco Santos, dando uma interpretação lógica a suposta infração que o arbitro assinalou neste lance?

Video-Vasco no seu melhor! 
Vai uma aposta que este lance não aparecerá nos resumos disponibilizados pela Sportv?

Nesta partida, em 90 minutos o Marítimo teve 3 lances em que podia chegar ao golo, sendo que 2 delas resultaram de cantos em que existiu bloqueio do guarda-redes do Benfica na sua area de proteção, não foi assinalado nenhuma infração. Para agravar um destes lances originou o 2-1 final.
Por ter acontecido o bloqueio na primeira parte, os responsáveis benfiquistas antes de ser marcado o canto aos 68 minutos alertaram o Vasco Santos para o sistematico bloqueio que o Ederson estava a sofrer nos cantos, esses protestos apenas resultaram na expulsão do Pietra e nenhuma especial atenção do experimentado arbitro a possíveis infrações cometidas na área de proteção do Ederson.

Será que Vasco Santos sabe que a pequena área é a área de protecção dos guarda-redes?
Vasco Santos: Aos arbitros nunca devia caber a função de arranjar condições para que ocorra um determinado resultado, pois o dever de um arbitro é de simplesmente fazer cumprir as leis do jogo.

5 comentários:

Anónimo disse...

Ah e tal...a culpa é do árbitro.
A agremiação bafienta quando perde pontos atira-se aos árbitros. O condenado vieira com o Setúbal falou e apanhou 2 meses de suspensão.
Quem vai ser suspenso agora?
Ninguém os ouviu nos últimos 3 anos de andor e colinho. Tudo estava bem. Pois estava. E vouchers não faltavam.
Inchai MELÕES!

PP disse...

Ora nem mais!

E o lance do lateral que se joga para cima do Mitroglou na segunda parte? Valeu tudo...

O árbitro estava ali para complicar. Estava ali para deixar usar a tática do Marítimo de endurecer o jogo. Estava ali à espreita que os jogadores do Benfica saltassem a tampa, para depois expulsar um deles. Estava ali para que o Rui Vitória saltasse-lhe a tampa e expulsá-lo também.

E tudo isto em frente dos dirigentes máximos do futebol nacional... dá que pensar não dá?!

É o vale tudo!

Fura-Redes disse...

Vergonhoso! De repente pensei que estava de novo nos anos 90

T disse...

O Marítimo preparou MUITO BEM este jogo.
Desde a questão de entrarem com três centrais e bloco baixo, à entrada fulgurante nos primeiros 20 minutos, ao bloqueio do Éderson que aqui referes, e ao anti-jogo primário que fizeram na última meia hora.
Ainda mais importante que isso, foi a quantidade enorme de porrada que deram na primeira meia hora de jogo: sempre que o Benfica podia criar perigo, vinha porrada certa, e o árbitro não deu amarelos e muitas vezes nem falta marcou.
Os jogadores do Benfica ficaram logo aí condicionados.


A verdade é que este jogo foi MUITO BEM preparado por todos menos pelo Benfica.

O árbitro foi um artista à anos 90, o Marítimo foi um cão raivoso com a lição bem estudada, e o Benfica foi um menino mimado que achou que chegava ali e que ganhava mais tarde ou mais cedo com o talento que tem.


O Benfica tem de perceber que no campo dos adversários é uma GUERRA, muitas vezes onde a lei não é cumprida.
Tem de se entrar no primeiro minuto com agressividade máxima, tem de se dar "pau" também... ao mínimo sinal de contra-ataque, é ceifar os gajos e pronto.

Até no canto do 2 a 1, a forma como o André Almeida deixa que o jogador do Marítimo esteja à sua frente... um anjinho autêntico.

E se o Benfica estava a perceber os "bloqueios" ao Éderson, porque não foi nomeado um jogador para ir empurrar o cabrão que lá estava a bloquear o Ederson?!?
Era obviamente preciso que algum do Benfica fosse lá fazer o "bloqueio ao bloqueio", não podia simplesmente deixar aquilo acontecer.

Outra falta muito engraçada, ao minuto 93/94, em que o Mitroglou é empurrado no ar, o árbitro viu e deixou seguir.

Enfim, erros próprios, falta de agressividade, árbitro a prejudicar, anti-jogo... voaram três pontos muito importantes.

Anónimo disse...

A gestão que o árbitro fez dos cartões amarelos, resultantes de faltas duras e por trás, prejudicou a equipa que quis jogar futebol, com 80 minutos de posse de bola. Em relação a outros encontros, em que nestas circunstâncias os jogos terminaram com menos um jogador. O Benfica foi prejudicado e os seus adversários beneficiaram disso. Carrega Benfica, tens que falar mais grosso, a canalha anda aí ao berros!!!