terça-feira, 15 de dezembro de 2015

CAMPEONATO EUROPEU SEM NENHUM ÁRBITRO PORTUGUÊS

A UEFA DIZ NÃO À INFLUÊNCIA ARBITRAL (Jorge Sousa não obrigado, disse a UEFA)
No último Europeu, nos 12 árbitros seleccionados encontrava-se 1 arbitro Português (Pedro Proença). Para o Europeu 2016 não foi escolhido nenhum árbitro português! 
Os pseudo-árbitros internacionais portugueses finalmente vão cair na realidade (sem a proteção do sistema)! Não arbitram, decidem jogos, campeonatos mesmo, são os verdadeiros artistas!

Os paises com expressão futebolistica como Inglaterra, Alemanha, Espanha, Italia, França, todos tiveram representantes seus seleccionados para o Europeu 2016. Paises com muito menos representatividade futebolistica como a Turquia, Roménia, Servia, Repúbica Checa, Escócia, Polónia e Noruega também terão árbitros no Europeu 2016. Só falta mesmo Gibraltar ter um arbitro escolhido primeiro que os compinchas do Pedro Proença. Os internacionais portugueses deviam ser mais competentes/imparciais todos nós sabemos, mas infelizmente estão sempre a tentar agradar ao "sistema".

A UEFA é que tem razão, na arbitragem não se deve premiar/promover árbitros com evidenciam uma declarada INFLUÊNCIA ARBITRAL, mas sim, escolher para os grandes eventos desportivos elementos comprovadamente neutros para melhor defender o sector da arbitragem e o futebol.
Se olharmos para a prestação na Madeira, daquele que foi eleito (pelo Sistema) como o melhor árbitro português em 2014/15, facilmente compreendemos a decisão da UEFA. 

Nesta 13ª jornada, Jorge Sousa demonstrou mais uma vez que, não reune condições de neutralidade para ser um árbitro de elite, por mais que os bajuladores espalhados pela comunicação social nos queiram fazer crer que Jorge Sousa é um bom arbitro. Onde é que já se viu, um árbitro internacional nunca ter visto sequer um penalti desfavorável a um dos candidatos ao titulo em 8 épocas. Tantas e tantas vezes arbitrou o F. C. Porto contra o Benfica, Sporting, Braga, Guimarães ou Nacional nestas últimas 8 épocas e nunca viu 1 penalti desfavorável ao F. C. Porto. 




Jorge Sousa não ficou completamente realizado por não ter visto na vespera o Marcano efectuar um corte com a mão dentro da área do F. C. Porto (a desculpa é o intenso nevoeiro). Interrompido o jogo para se disputar os 15 minutos finais no dia seguinte. Dia em que por incrível que pareça acontece isto:

Não é que mesmo depois de ter tido acesso as imagens da TV e ter tido uma noite mal dormida sabendo que já perduou um penalti ao seu amado clube, não é que reatado o jogo no dia seguinte volta a não assinalar outra falta na área do F. C. Porto. Pior cego é aquele que não quer ver.

Neste caso não há desculpas que consiga satisfazer qualquer adepto de futebol. Jorge Sousa é um árbitro internacional, logo não pode ter problemas tão graves de visão, para não ter visto este pontapé do Marcano no seu adversário! Isto é outra coisa que não consequência de mera incompetência!
Comprova-se definitivamente que Jorge Sousa é incapaz de ser um arbitro imparcial!
Assim, não interessa se tem muitos ou poucos conhecimentos técnicos, simplesmente não serve!

Esta temporada ficará conhecida como a LIGA PROENÇA (quer os patrocinadores NÓS queiram ou não).

Sem comentários: