sexta-feira, 5 de junho de 2015

É OFICIAL, JORGE JESUS CONFIRMADO NO SPORTING

Bruno de Carvalho confirmou a contratação do Jorge Jesus pelo Sporting para as próximas 3 épocas.
Jorge Jesus provou que com o plantel atual do Benfica consegue vencer o campeonato mas aparentemente após conhecer as condições que o Benfica lhe pode oferecer para a nova época, já não via grandes possibilidades de voltar a ter sucesso no Benfica, mesmo tendo proposta de renovação preferiu mudar e ainda por cima para o eterno rival.  Acredita ele mais no plantel que vai construir no Sporting para atacar o próximo campeonato do que no plantel do Benfica 2015/16, porquê será? Será que os Benfiquistas tem razão em acreditar que usufruiram do verdadeiro Jesus e que o Sporting só levou o Judas.

Esta mudança protagonizada pelo Jorge Jesus é fruto do seu grande ego ou ele tem razões para acreditar convictamente que as suas capacidades serão decisivas para a alteração das forças em competição no futebol Português. Uma coisa é certa, os números atestam a competência que ele acrescentou a equipa do Benfica.

Jorge Jesus no Benfica: Quadro do acumulado de todos os jogos oficiais nas 6 épocas (2009-15).
                                                                                                          Fonte: www.zerozero.pt
Realce para os 70% de vitorias e uma média de 2,1 golos por jogo nas 321 partidas oficiais em que comandou o Benfica e para as 139 vitórias em 184 jogos no campeonato nacional (76% de vitorias)! Foi em busca destes números para o seu Sporting, que o Presidente (adepto nº1 do Sporting), avançou para a contratação do Jorge Jesus.  Será que no Benfica os dirigentes acreditam que estes números serão possíveis de melhorar ou simplesmente replicar com um novo treinador.

Os números que o Jorge Jesus apresenta nas 6 épocas que esteve no Benfica comprovam que é indiscutivelmente o melhor treinador que se encontram a trabalhar em Portugal. 

Luis Filipe Vieira, foi o 1º Presidente a acreditar nas extraordinárias capacidades do Jorge Jesus, dando-lhe a oportunidade de treinar um dos candidato ao titulo e mais tarde renovou essa aposta mesmo após um ano em que perdeu tudo em 2 semanas. Pinto da Costa também já a muito que reconhece as capacidades tecnicas do Jorge Jesus e ainda hoje se deve lamentar profundamente nunca ter conseguido atrair os seus serviços. Hoje todos sabemos que o Presidente do Sporting, após 2 anos de experiencia no bancos tem neste momento uma confiança absoluta nas capacidades deste tecnico, por isso arriscou tudo nesta contratação agora consumada, surpreendendo a generalidade dos observadores/analistas do campeonato nacional.

Se verificarmos com atenção os dados estatísticos de Jorge Jesus no Benfica, facilmente compreendemos que seguramente com os montantes que o Benfica pode pagar não encontrará nenhum outro treinador que em 6 campeonatos lhe possa garantir 76% de vitória no campeonato, ao mesmo tempo que economicamente o clube nesse espaço de tempo arrecada 81.409 milhares € em resultados com transações de atletas (263.050 milhares € de proveitos com transações de atletas, sendo os custos com a amortização dos passes de atletas de 181.641 milhares € entre 01/07/2009 e 31/03/2015).
Obter resultados económicos positivos tão expressivos com vendas de jogadores e mesmo assim conseguir arrecadar 10 troféus é tarefa para muito poucos treinadores. Esta é a dificil decisão que o Presidente do Benfica tem de tomar neste momento.

Em 2009 quando Luis Filipe Vieira decidiu confiar a direcção tecnica ao Jorge Jesus, podemos ver no quadro que segue como era o histórico estatístico do Jorge Jesus entre 2005 e 2009 (Braga e Belenenses).
                                                                                                                           Fonte: www.zerozero.pt
Estes foram os números do Jorge Jesus antes de chegar ao Benfica, o que prova que o Benfica disponibilizou ao treinador, atletas de grande valor que permitiram melhorar significativamente o rendimento desportivo médio do Jorge Jesus.
Jorge Jesus sem ter treinado nenhum dos 3 grandes de Portugal à data, já tinha bastante experiência de trabalho quando foi escolhido pelo Benfica, apresentava 46% de vitórias nessas 4 épocas entre 2005 e 2009. Realce para o facto de que tinha obtido 52 vitorias e 36 derrotas no campeonato e nas competições europeias tinha 9 vitorias em 16 jogos.
Os números nessa altura já indiciavam que estaria em condições de aproveitar a oportunidade que o Luis Filipe Vieira lhe iria conceder? Será que o Marco Silva, o Rui Vitoria ou o Vitor Pereira, apresenta números semelhantes?


Fica aqui a promessa de que brevemente haverá uma próxima publicação comparando estes dados dos 4 últimos anos do Jorge Jesus antes de ingressar no Benfica com os números do Marco Silva, do Rui Vitoria ou do Vitor Pereira, para conscientemente determinarmos qual deles estará melhor preparado para assegurar o sucesso desportivo emediato exigido no Benfica, mesmo pretendendo a direcção do clube que o treinador obrigatoriamente acomode 5 jovens das escolinhas do clube nos 25 atletas selecionados para disputar o campeonato 2015/16.

Como serão os dados estatísticos do novo treinador que iniciará funcões no Benfica na próxima semana? 
Conhecido o histórico, ficaremos com uma idea mais aproximado do desempenho desportivo que será expectável que seja alcançado pelo Benfica na próxima época.

Sem comentários: