domingo, 23 de março de 2014

DECISÕES ARBITRAIS VS PONTOS

Para quem não conhece a influência que as decisões arbitrais provocam no rendimento desportivo dos clubes, publicaremos um resumo das 24 jornadas já decorridas, separando os dados destes 24 jogos por 4 períodos de 6 jogos cada, para que se possa analisar o efeito que as decisões arbitrais provocam no rendimento pontual.

Antes de tudo existe um dado estatístico que convêm ter presente, em todos os últimos 6 campeonatos analisados o campeão foi sempre a equipa que beneficiou de um saldo mais favorável de decisões arbitrais relevantes (penalti ou expulsão).
Será que está época pela primeira vez a equipa com um saldo maior de penaltis e expulsões não se vai transformar no 1º classificado no final dos 30 jogos do campeonato?

- Sporting nestes 24 jornadas disputadas competiu beneficiando de um saldo favorável de 6 penaltis e 6 expulsões a seu favor.
- Benfica nestes 24 jornadas disputadas competiu beneficiando de um saldo favorável de 3 penaltis e 3 expulsões assinalados a seu favor.
- F.C. Porto nestes 24 jornadas disputadas competiu beneficiando de um saldo favorável de 6 penaltis e 1 expulsão a seu favor.
- Braga nestes 24 jornadas disputadas competiu beneficiando favorável de 1 de penalti e 5 expulsões a seu favor.

Curiosidades:
  • Nos primeiros 6 jogos foi o período no qual o Benfica teve um saldo nulo de decisões arbitrais (penaltis ou expulsões), coincidentemente também foi o seu pior período em termos de desempenho pontual, apenas 11 pontos conquistados. Entre a 19ª jornada e a 24ª jornada o Benfica jogando com a confiança de quem lidera o campeonato conseguiu conquistar os 18 pontos em disputa apesar de ter um saldo nulo de decisões arbitrais nesse período.  
  • Nos primeiros 6 jogos, foi o período no qual o F.C. Porto beneficiou de um saldo favorável de 2 penaltis e 1 expulsão a seu favor, também foi o período no qual acabou conquistando mais pontos, 16 no total.
  • Tal como aconteceu com o F.C. Porto, o Benfica também conquistou 16 pontos em cada um dos períodos de 6 jogos em que beneficiou de 3 decisões arbitrais favoráveis, neste caso entre a 7ª e 12ª jornada e entre 13ª e 18ª jornada.
  • Nos 2 períodos de 6 jogos em que o Sporting beneficiou de 4 decisões arbitrais favoráveis, acabaram sendo aqueles em que o clube acumulou mais pontos que foram os 15 pontos e 14 pontos conquistados entre a 7ª e a 12ª jornada e a 1ª e a 6ª jornada respetivamente.
  • O período com pior rendimento pontual do Sporting é entre a 13ª e a 18ª jornada, coincidentemente também foi aquele em que menos decisões arbitrais favoráveis teve, no total disputou estas 6 jornadas beneficiando apenas de um penalti a seu favor.

No quadro que se segue podemos ver os dados discriminados dos clubes de 6 em 6 jornadas:


Previsão:
  • Se o Benfica nos 6 jogos que faltam disputar conseguir beneficiar do mesmo decisões arbitrais que os seus rivais não vai permitir que nenhum deles anule a desvantagem pontual já existente. Será que o Benfica conseguirá ser campeão mesmo não sendo a equipa que beneficiou de mais penaltis e expulsões?
  • O F.C. Porto se ainda conseguir terminar o ano como a equipa que mais beneficiou de decisões arbitrais favoráveis como tem sido habitual nos últimos campeonatos ainda teria condições para ser mais uma vez o campeão de 2013/14.
  • O Sporting só será campeão se no final da época for a equipa que beneficiou de mais decisões arbitrais favoráveis. E para que tal acontecesse obrigatoriamente no final do campeonatos teríamos de constatar que beneficiou de ter competido com mais do que as 6 decisões arbitrais favoráveis que tem neste momento em relação ao Benfica.
Gostaríamos de conhecer o seu prognostico. Comente esta página.

Sem comentários: