quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Penaltis - Porto, Benfica, Braga e Sporting (Comparação estatística)

Temos os dados actualizados desde a época 2008/09 até a 17ª Jornada da época 2019/20.  
Nestas últimas 12 temporadas, o F. C. Porto beneficiou de 102 penaltis favoráveis em 367 jogos, o Sporting já beneficiou de 96 penaltis favoráveis e o Benfica beneficiou de 94 penaltis favoráveis. O ataque do F. C. Porto nesse período marcou 803 golos (ou seja, beneficiou de 1 penalti favorável por cada 8 golos que conseguiu marcar), o Benfica tem 863 golos marcados (ou seja em média precisa de marcar 9 golos para que lhe seja assinalado 1 penalti favorável) e o Sporting tem 641 golos marcados (ou seja, beneficiou de 1 penalti favorável por cada 7 golos marcados)! 

1ª grande anormalidade estatística que salta a vista: Nas últimas 12 épocas (em 367 jogos), mesmo tendo um ataque que marcou menos 60 golos que o ataque do Benfica, o F. C. Porto teve a sorte de ter usufruído de mais 8 penaltis assinalados a seu favor que o Benfica! E o cumulo é que até o Sporting, teve a sorte de ter usufruído de mais 2 penaltis que o Benfica, mesmo tendo um ataque que marcou menos 218 golos que o ataque do Benfica! Incrível uma equipa usufruir de mais penaltis assinalados a seu favor que uma outra equipa que teve um ataque capaz de conseguir mais 218 golos que ela. 

O Benfica conseguiu conquistar 889 pontos, ou seja mais 8 ponto que o F. C. Porto (881 pontos)! 
O Benfica conquistou mais 146 pontos que o Sporting (889-743 pontos) e marcou mais 218 golos que o Sporting, mesmo usufruindo nesse período de menos 2 penaltis favoráveis que o Sporting! Ou seja, se o Benfica tivesse jogado nas mesmas condições que o Sporting (beneficiando em média de 1 penalti por cada 6,7 golos marcados, para os 863 golos que marcou teria usufruído de 129 penaltis assinalados a seu favor, em vez dos 94 penaltis que efetivamente foram assinalados)! 


  Queres saber quantos penaltis o teu clube já beneficiou nos últimos 12 anos (367 Jogos)?
                   E sabes quantos pontos conquistou diretamente com esses penaltis?

        Queres saber quantos penaltis o teu clube já sofreu nos últimos 12 anos?
                   E sabes quantos pontos perdeu diretamente com esses penaltis sofridos?
Estás no sítio certo para ficares a conhecer as condições arbitrais com as quais os clubes competiram em Portugal nos últimos 12 campeonatos.


Algumas Curiosidades no acumulado de penaltis destes últimos 12 campeonatos:

  • Nestas últimas 12 épocas, o F. C. Porto teve a sorte de ser o clube que competiu com as melhores condições arbitrais na nossa liga, beneficiando de um saldo favorável de 76 penaltis a mais do que aqueles que sofreu, tendo aproveitado tal facto para nos 367 jogos oficiais conquistar 881 pontos, podemos concluir que beneficiou de um penalti por cada 12 pontos que conquistou nas últimas 12 épocas, enquanto que o Benfica no mesmo nº de jogos beneficiou de um saldo favorável de 61 penaltis a mais do que aqueles que sofreu, conquistando 889 pontos, ou seja, em média beneficiou de um penalti por cada 15 pontos que conquistou na liga. Em média os 4 candidatos na competição usufruíram de 1 penalti favorável por cada 17 pontos conquistados na Liga Nós. O Sporting nestas últimas 12 épocas competiu beneficiando de um saldo favorável de 49 penaltis e conquistou 743 pontos, ou seja beneficiou de um penalti a favor por cada 15 pontos conquistados.
  • Podemos verificar que em média, cada um dos 4 candidatos ao título beneficiou de 88 penaltis favoráveis e sofreu 40 penaltis desfavoráveis. 
  • Quanto aos penaltis desfavoráveis sofridos, o Braga (-55) e o Sporting (-47) foram as equipas que mais penaltis desfavoráveis sofreram, segue-se o Benfica que sofreu (-33) penaltis e por fim o F. C. Porto que sofreu apenas (-26) penaltis desfavoráveis, sendo pois, a única equipa que claramente sofreu bastante menos penaltis desfavoráveis do que a média dos 4 candidatos, que é de 40 penaltis desfavoráveis sofridas.
  • Nos últimos 12 campeonatos, a equipa que conquistou mais pontos nos jogos em que não beneficiou de penaltis favoráveis, foi o Benfica que conquistou 678 pontos em 283 jogos (80% dos pontos), enquanto o F. C. Porto conquistou 638 pontos nos 273 jogos em que não beneficiou de um penalti a favor (78% dos pontos). Assim,  nas últimas 12 épocas, se somente consideramos os jogos em que estas equipas não beneficiaram de penaltis favoráveis, o Benfica foi capaz de conquistar mais 40 pontos que o F. C. Porto! O F. C. Porto teve a sorte de beneficiar de penaltis favoráveis nos últimos 12 campeonatos em mais 10 jogos que o Benfica e no total dos 94 jogos em que beneficiou de penaltis arrecadou 243 pontos, ou seja mais 32 pontos do que os 211 pontos que o Benfica arrecadou nos seus 84 jogos em que beneficiou de penaltis favoráveis.
  • Nas condições arbitrais em que a competição decorreu nestes últimos 12 anos, somente com os penaltis a favor,  o F. C. Porto teve oportunidade de acrescentar mais 23 pontos que o Benfica diretamente com um penalti favorável. O F. C. PORTO NESTAS 12 ÉPOCAS TEVE HIPOTESE DE ACRESCENTAR MAIS 112 PONTOS (48*2pontos+16*1ponto) DIRETAMENTE COM ESSES PENALTIS A FAVOR, SE TODOS OS PENALTIS QUE BENEFICIOU SE TRANSFORMASSEM NO SEU ÚLTIMO GOLO NA PARTIDA, enquanto que O BENFICA TEVE HIPÓTESE DE ACRESCENTAR MAIS 89 PONTOS (37*2pontos+15*1ponto) DIRETAMENTE COM ESSES PENALTIS A FAVOR, SE TODOS ESSES PENALTIS  SE TRANSFORMASSEM NO SEU ÚLTIMO GOLO DA PARTIDA.
  • Se considerarmos somente os jogos em que os clubes candidatos ao titulo não sofreram um penalti contra, constatamos que o rendimento médio do Benfica nesses jogos corresponde em média a 82% dos pontos possíveis arrecadados nos jogos em que não sofre um penalti desfavorável, nas mesmas condições o F.C. Porto conquistou 81% dos pontos disputados em média nas últimas 12 épocas, nos jogos em que não sofreu um penalti desfavorável. A diferença é que o F.C. Porto nas últimas 12 épocas disputou apenas 26 jogos em que foi penalizado com penaltis desfavoráveis e o Benfica disputou 32 jogos em que sofreu penaltis desfavoráveis. O Benfica em 8 desses jogos em que sofreu penaltis também beneficiou de um penalti favorável, enquanto que o F.C. Porto, em 8 desses jogos também beneficiou de 1 penalti a favor, assim sendo, nestas últimas 12 épocas, o F.C. Porto apenas por 18 jogos foi obrigado a disputar a partida com mais penaltis desfavoráveis que favoráveis e o Benfica o foi em 23 jogos. Parece incrível mas é a realidade, em 354 jogos das últimas 12 épocas, apenas por 18 vezes, o F. C. Porto disputou jogos em que teve desvantagem no nº de penaltis que foram assinalados nessa partida! 
  • Outra grande curiosidade: Nenhum arbitro assinalou mais de 2 penaltis desfavoráveis ao F. C. Porto no total das últimas 12 temporada! Parece impossível mas é a realidade da Liga Portuguesa.
  • Artur Soares Dias é o arbitro que assinalou mais penaltis desfavoráveis ao Benfica, foram 7 no total, depois aparece o também portuense Rui Costa com 4 penaltis desfavoráveis assinalados, e o também portuense Jorge Sousa com 3 penaltis desfavoráveis assinalados.
  • Dos 33 penaltis desfavoráveis assinalados ao Benfica, 24 deles se transformaram no último golo sofrido na partida pelo Benfica e coincidentemente, representaram 20 pontos perdidos diretamente com o efeito desse golo de penalti. Dos 26 penaltis assinalados contra o F.C. Porto, 14 deles se transformaram no último golo sofrido no jogo pelo F.C. Porto, resultando do efeito direto disso, apenas 5 pontos perdidos diretamente em consequência de um último golo sofrido de penalti nas últimas 12 épocas.
  • Nos confrontos directos entre os 4 candidatos ao titulo nas últimas 12 épocas (69 jogos para cada equipa), o F. C. Porto beneficiou de 19 penaltis a favor e sofreu 6 desfavoráveis, o Benfica beneficiou de 15 penaltis favoráveis e sofreu 12 penaltis contra, o Braga beneficiou de 8 e sofreu 17 contra e o Sporting beneficiou de 8 penaltis favoráveis e sofreu 12 penaltis desfavoráveis. Os números arbitrais são claramente favoráveis ao F. C. Porto!

Como se pode ver no quadro seguinte, todas as equipas têm um rendimento médio geral e melhoram o seu desempenho quando se analisa separadamente o seu rendimento apenas nos jogos em que beneficiaram de penaltis favoráveis e pioram o seu desempenho médio quando consideramos somente os jogos em que sofrem grandes penalidades desfavoráveis. Por exemplo, sendo o rendimento médio geral do Benfica nos 383 jogos destas últimas 12 épocas de 80% dos pontos conquistados,  nos 84 jogos que beneficiou de um penalti a favor o Benfica conquistou 84% dos pontos e em todos os 32 jogos que sofreu um penalti contra conquistou em média apenas 56% dos pontos em disputa nesses jogos. Este é o efeito estatístico médio de usufruir ou sofrer 1 penalti no rendimento de uma equipa candidata ao título como o Benfica.


Este é o quadro estatístico dos penaltis assinalados nos últimos 12 campeonatos nacionais:



 Curiosidades 
ANALISE DE PENALTIS ASSINALADOS COM PONTOS DIRETAMENTE EM DISPUTA
Somente quando a equipa está empatado ou a perder por um golo de diferença é que o penalti a favor poderá se transformar numa decisão arbitral com influência direta na repartição dos pontos.
                                                   
** Concentrando a nossa atenção especialmente nos penaltis que potencialmente podem alterar diretamente a repartição dos pontos, verificamos que, o F. C. Porto na competição tem um saldo favorável de 50 penaltis com os quais diretamente pode melhorar o seu desempenho pontual na partida enquanto que o Benfica obteve um saldo favorável de apenas 31 penaltis que potencialmente podem influenciar diretamente o seu desempenho pontual e o Sporting obteve um saldo favorável de apenas 22 desses penaltis que valem pontos. Conclusão: o F. C. Porto na competição pelos títulos das últimas 12 épocas beneficiou de muitos mais penaltis que o Benfica ou Sporting (daqueles penaltis que diretamente podem alterar os pontos conquistados)!



BENFICA-Total de 94 Penaltis a favor nas últimas 12 épocas, discriminados no quadro que se segue:








BENFICA-Total de 33 Penaltis Contra nas últimas 12 épocas,  discriminados no quadro que se segue:











F.C.Porto-Total de 102 Penaltis a favor nas últimas 12 épocas, discriminados no quadro que se segue:






F.C. Porto -Total de 26 Penaltis Contra nas últimas 12 épocas,  discriminados no quadro que se segue:




Segue o discriminativo de todos os penaltis a favor do Braga nas últimas 12 épocas e a % de aproveitamento dos pontos em disputa nos jogos em que beneficiou de 1 penalti:





Segue o discriminativo de todos os penaltis contra do Braga nas últimas 12 épocas e a % de aproveitamento dos pontos em disputa nos jogos em que sofreu 1 penalti:








Segue o discriminativo de todos os penaltis a favor do Sporting nas últimas 12 épocas e a % de aproveitamento dos pontos em disputa nos jogos em que beneficiou de 1 penalti:






Segue o discriminativo de todos os penaltis contra o Sporting nas últimas 12 épocas e a % de aproveitamento dos pontos em disputa nos jogos em que sofreu 1 penalti:




Até este momento, nas últimas 12 épocas, comparando o saldo final de penaltis (76-61), vemos que o Benfica na competição beneficiou de menos 15 penaltis do que o F. C. Porto usufruiu e mesmo assim, ainda conseguiu conquistar mais 8 pontos que o F.C. Porto (889 contra 881  pontos), nesses 367 jogos disputados. Atenção que no máximo, com 15 penaltis podem ser acrescentados mais 30 pontos, se todos esses penaltis forem assinalados com o jogo empatado. 

Caro leitor, na sua opinião as decisões arbitrais podem fazer diferença no rendimento desportivo ou não?
Para melhor poder responder a esta pergunta, imagine que mantendo-se as capacidades competitivas que as 2 equipas tem apresentado, o Benfica tivesse beneficiado de mais 30 penaltis favoráveis e assim tivesse competido com uma vantagem de 15 penaltis sobre o F. C. Porto, então nesse caso qual das 2 equipas teria conquistado mais pontos nas últimas 12 épocas e quem teria obtido a maioria dos títulos de campeão desse período? Se sabe a resposta é porque reconhece a influência que as decisões arbitrais têm no rendimento desportivo dos clubes.
Os desempenhos médios do Benfica têm sido superiores ao do F. C. Porto nos jogos sem penaltis assinalados e demonstram que, assim seriam também no total oficial de todos os jogos se não tem existido uma grande diferença no nº de penaltis que as 2 equipas usufruem na competição. A grande diferença no número de penaltis entre o F. C. Porto e o Benfica é que permitiu que as duas equipas tenham neste momento praticamente o mesmo rendimento pontual nestas últimas 12 épocas, com o Benfica a conquistar 889 pontos e o Porto a conquistar 881 pontos.


Depois de conhecer os números agregados das últimas 12 épocas, alguém acredita que o F. C. Porto, teria sido capaz de conquistar 5 dos 11 últimos campeonatos atribuídos se tivesse usufruído menos 30 penaltis favoráveis, conquistando o Benfica os restantes 6 campeonatos?

Será que a Liga Portuguesa decorre num Fotografia ?

Agradecemos comentários com as questões mais pertinentes que estes números oficiais de penaltis assinalados evidenciam.

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

HUGO MIGUEL (ARBITRAGEM)

HUGO MIGUEL - DADOS ESTATISTÍCOS DOS ÚLTIMOS 12 CAMPEONATOS
Hugo Miguel foi o 12º classificado no ano passado (2018/19).
Não foram anunciadas publicamente as classificações dos árbitros da época 2017/18.
Arbitro da A.F. Lisboa, foi o 6º classificado da época 2016/17 e tinha sido o 11º classificado da época 2015/16.

Última atualização dos jogos do Hugo Miguel, feita após o Sporting 0 - Benfica 2, da 17ª jornada desta época 2019/20.


QUERES CONHECER SE O TEU CLUBE TEM UMA % DE APROVEITAMENTO MELHOR OU PIOR COM O ARBITRO NOMEADO PARA ESTA JORNADA DO QUE O RENDIMENTO MÉDIO DO CLUBE COM TODOS OS RESTANTES ÁRBITROS? Neste blog terás essas respostas, com a indicação de todos os penaltis e expulsões assinalados.

PONTO ESSENCIAL: O ARBITRO NUNCA DEVERIA SER UM ELEMENTO DETERMINANTE NO PROCESSO DE REPARTIÇÃO DOS PONTOS EM DISPUTA NUMA PARTIDA DE FUTEBOL.  Comparando a % pontos conquistados com um determinado arbitro com a % média do clube com todos os restantes árbitros, conheceremos o posicionamento do arbitro perante esse clube. Diferenças maiores em 20% ou menores a (-20%) em relação ao rendimento médio do clube indicia que o arbitro beneficia(+) ou prejudica(-) o rendimento da equipa, ou seja que esse arbitro interfere tendencialmente no rendimento médio do clube e por isso não deve ser nomeado para arbitrar jogos desse clube. Apenas são aceitáveis pequenas variações no desempenho das equipas com um arbitro em concreto em relação ao seu desempenho médio com todos os árbitros.
Nos links que se seguem estão todos os jogos dos 4 grandes clubes com cada um dos seguintes árbitros nos últimos 12 campeonatos.
                                                            Link com os dados do Pedro Proença
                                                            Link com os dados do Jorge Sousa
                                                            Link com os dados do Artur Soares Dias
                                                            Link com os dados do Duarte Gomes
                                                            Link com os dados do João Capela
                                                            Link com os dados do Paulo Batista
                                                            Link com os dados do Olegário Benquerença
                                                            Link com os dados do Bruno Paixão
                                                            Link com os dados do Rui Costa
                                                            Link com os dados do Bruno Esteves
                                                            Link com os dados do Carlos Xistra
                                                            Link com os dados do Cosme Machado
                                                            Link com os dados do Marco Ferreira
                                                            Link com os dados do Vasco Santos

Com as características do tipo de arbitragem protagonizada pelo Hugo Miguel neste últimos 12 campeonatos, os clubes ficariam com a seguinte ordem:
1º - Benfica (conquistou 87% dos pontos disputados) 
2º - F.C. Porto (conquistou 81% dos pontos disputados
3º - Braga (conquistou 67% dos pontos disputados) 
4º - Sporting (conquistou 57% dos pontos disputados) 

Com Hugo Miguel tendencialmente os grandes não são prejudicados. Até a data, apenas o Benfica teve concretamente algumas razões de queixas do Hugo Miguel em 3 empates consentidos, jogos em que ocorreram erros grosseiros deste arbitro, ao não assinalar os respectivos penaltis nestes 3 lances documentados nas imagens que se seguem.



Um dos erros arbitrais mais famosos do Hugo Miguel foi este lance em que James tropeça e ele transformou em penalti num jogo em que se decidia o titulo (última jornada do campeonato).


                                                                                                       Resultado de imagem para liga nos
                                                                   









 Os dados discriminados de todos os jogos dirigidos pelo Hugo Miguel de cada uma das equipas são:
















Este arbitro revela condições de imparcialidade para apitar os 4 clubes analisados?
Qual ou quais são os clubes em que os números revelam uma tendência?
Agradecemos o teu comentário/análise aos números estatísticos desde arbitro nos jogos em que dirigiu o teu clube, ou algum dos 3 rivais ao teu.

Nesta temporada 2019/20, Hugo Miguel arbitrou os seguintes jogos dos 4 candidatos ao título:
  • Gil Vicente 1 - Braga 1, da 3ª jornada 
  • Sporting 1 - Famalicão 2, da 6ª jornada 
  • Portimonense 0 - Braga 1, da 7ª jornada
  • Tondela 0 - Benfica 1, da 8ª jornada
  • Guimarães 0 - Braga 2, da 11ª jornada
  • Gil Vicente 3 - Sporting 1, da 12ª jornada
  • Sporting 0 - Benfica 2, da 17ª jornada



CARLOS XISTRA (ARBITRAGEM)

CARLOS XISTRA - DADOS ESTATÍSTICOS DOS ÚLTIMOS 12 CAMPEONATOS
Carlos Xistra foi o 16º classificado da época passada (2018/19). 
Não foram anunciadas publicamente as classificações dos árbitros da época 2017/18.
Arbitro A. F. Castelo Branco, ostenta as insígnias de arbitro Internacional  (Profissional), foi 3º classificado da época 2016/17 e tinha sido o 18º classificado da época 2015/16.


Última atualização já inclui dados do F. C. Porto 1 - Benfica 2, da 17ª jornada da época 2019/20, em que assinalou 2 grandes penalidades favoráveis ao F. C. Porto, que foram ambas desperdiçadas.

QUERES CONHECER SE O TEU CLUBE TEM UMA % DE APROVEITAMENTO MELHOR OU PIOR COM O ARBITRO NOMEADO PARA ESTA JORNADA DO QUE O RENDIMENTO MÉDIO DO CLUBE COM TODOS OS RESTANTES ÁRBITROS? Neste blog terás essas respostas, com a indicação de todos os penaltis e expulsões assinalados.

PONTO ESSENCIAL: O ARBITRO NUNCA DEVERIA SER UM ELEMENTO DETERMINANTE NO PROCESSO DE REPARTIÇÃO DOS PONTOS EM DISPUTA NUMA PARTIDA DE FUTEBOL.  Comparando a % pontos conquistados com um determinado arbitro com a % média do clube com todos os restantes árbitros, conheceremos o posicionamento do arbitro perante esse clube. Diferenças superiores a 20% ou inferiores em 20% em relação ao rendimento médio do clube indiciam que o arbitro beneficia(+) ou prejudica(-) o rendimento da equipa, ou seja este arbitro interfere tendencialmente no rendimento médio do clube e por isso não deve ser nomeado para arbitrar jogos desse clube.
Nos links que se seguem estão todos os jogos dos 4 grandes clubes com cada um dos seguintes árbitros nos últimos 12 campeonatos.                       
                                                                             Link com os dados do Pedro Proença
                                                                             Link com os dados do Jorge Sousa
                                                                             Link com os dados do Artur Soares Dias
                                                                             Link com os dados do Duarte Gomes
                                                                             Link com os dados do João Capela
                                                                             Link com os dados do Paulo Batista
                                                                             Link com os dados do Hugo Miguel
                                                                             Link com os dados do Olegário Benquerença
                                                                             Link com os dados do Rui Costa
                                                                             Link com os dados do Bruno Esteves
                                                                             Link com os dados do Rui Costa
                                                                             Link com os dados do Cosme Machado
                                                                             Link com os dados do Marco Ferreira
                                                                             Link com os dados do Vasco Santos

Analisando as % de aproveitamento dos clubes nos jogos arbitrados pelo Carlos Xistra conclui-se que com a arbitragem deste arbitro a classificação destes últimos 12 anos seria:
1º F.C. Porto (conquista 83% dos pontos disputados com este arbitro)
2º Benfica (conquista 75% dos pontos disputados com este arbitro) 
3º Sporting (conquista 69% dos pontos disputados com este arbitro) 
4º Braga (conquista 58% dos pontos disputados com este arbitro) 

Com a arbitragem do Carlos Xistra, o F. C. Porto conquista uma percentagem de pontos muito maior do que qualquer outra equipa no campeonato nacional, os outros 3 candidatos apresentam rendimentos médios muito semelhantes entre si nas últimas 12 temporadas, as maiores diferenças dos clubes nos jogos arbitrados pelo Carlos Xistra e o rendimento médio das equipas com os outros árbitros, ocorrem no Benfica que com a arbitragem do Carlos Xistra diminui o seu rendimento em  6% e no pólo oposto aparece o F. C. Porto, que com ele consegue um rendimento médio 6% superior ao rendimento médio do clube com os outros árbitros, mesmo Carlos Xistra sendo um arbitro internacional, logo arbitrou essencialmente os jogos mais difíceis do F. C. Porto.

                                                                                                                                             








Os dados estatísticos discriminados dos 4 clubes nos jogos arbitrados pelo Carlos Xistra são os seguintes:













Com este arbitro, o F.C. Porto tem um rendimento 9% superior ao do Benfica, ou seja, num campeonato de 34 jogos com este arbitro estas duas equipas terminariam com uma diferença superior a 9 pontos entre elas! Ridículo tal diferença entre as 2 equipas com rendimentos médios tão semelhantes no agregado das últimas 12 épocas! É incrível como em 23 jogos do Benfica arbitrados pelo Carlos Xistra, apenas tenha vislumbrado mais uma decisão arbitral favorável ao Benfica que as desfavoráveis que assinalou (penaltis e expulsões). Habitualmente encontramos um saldo claramente favorável nos registos dos clubes grandes, a titulo de exemplo podemos verificar que no mesmo período o F. C. Porto beneficiou de um saldo favorável de 11 decisões arbitrais nos jogos apitados pelo Carlos Xistra (saldo positivo de 8 penaltis favoráveis e 3 expulsões favoráveis)! Carlos Xistra, já assinalou 10 penaltis favoráveis ao F. C. Porto e 7 penaltis favoráveis ao Sporting e 7 ao Braga, mas nesse mesmo período de 12 épocas apenas conseguiu ver 4 penaltis favoráveis ao Benfica (sensivelmente metade do que os rivais candidatos usufruíram)!

Este arbitro não revela condições de imparcialidade para apitar algum dos 4 clubes analisados? Qual ou quais são os clubes em que os números revelam uma tendência? Aguardamos o teu comentário/análise aos números estatísticos desde arbitro nos jogos que dirigiu o teu clube, ou algum dos 3 rivais ao teu.

Esta temporada 2019/20, o Carlos Xistra já arbitrou os seguintes jogos:
  • Portimonense 1 - Sporting 3, da 3ª jornada 
  • F. C. Porto 3 - Guimarães 0, da 4ª jornada
  • Aves 0 - Sporting 1, da 7ª jornada 
  • Benfica 2 - Rio Ave 0, da 10ª jornada 
  • Benfica 2 - Aves 1, da 16ª jornada 
  • F. C. Porto 1 - Benfica 2, da 17ª jornada