segunda-feira, 13 de abril de 2015

A IMPORTANCIA DAS GRANDES PENALIDADES

Esta semana, o F.C. Porto e o Benfica beneficiaram ambos de um penalti favorável. 
Igualdade nas condições arbitrais, será?

Estes dois clubes (F.C Porto e o Benfica) que repartiram entre si os últimos campeonatos, beneficiaram das mesmas condições arbitrais nesta 28ª jornada e aparentemente mesmo no agreagado das jornadas já disputadas desta época 2014/15, as condiçoes arbitrais foram muito semelhantes, tendo o F.C Porto beneficiado de 7 penaltis favoráveis e o Benfica de 6 penaltis favoráveis. Uma coisa é  a quantidade e outra é a qualidade.

Será que um penalti com o resultado em 2-0 e um penalti com o resultado em 0-0, têm a mesma importancia no rendimento desportivo dos clubes? 

Está época já é o 3 jogo que estava empatado no momento em que o F.C. Porto beneficia de um penalti, sendo que 2 ocorreram nas 2 últimas jornadas, enquanto que o Benfica em toda esta época apenas beneficiou de 1 penalti com o qual poderia ter acrescentado pontos diretamente com essa decisão arbitral. 

Definitivamente os penaltis não são todos iguais, por isso, ao analisarmos estatisticamente o total de grandes penalidades assinaladas, temos todo o interesse em diferencia-los consoante o momento em que foram assinaldos.

Encontraremos alguns que foram assinalados quando a equipa estava a perder por 2 ou por 1 golo, outros em que o jogo se encontrava empatado, outros em que a equipa estava a vencer por 1 ou por 2 golos de diferença.

Facilmente identificaremos os penaltis que mais potencial tem de influênciar o rendimento de um clube. Obviamente os penaltis favoráveis que ocorrem quando o jogo se encontra empatado ou a quando a equipa se encontra a perder por um golo, são os penaltis com os quais diretamente se podem acrescentar pontos conquistados.

HÁ PENALTIS E PENALTIS, POR ISSO VAMOS CONCENTRAR A NOSSA ATENÇÃO NAQUELES QUE FAZEM A DIFERENÇA NOS PONTOS CONQUSITADOS. Nas 7 últimas épocas o F.C. Porto beneficiou de 32 penaltis com o resultado empatado, ou seja, nessas circunstâncias beneficiou de mais 11 penaltis favoráveis que o Benfica que apenas beneficiou de 21 penaltis em momentos em que se verificava uma igualdade. Entre estas 2 equipas houve realmente uma grande diferença competitiva no que toca as decisões arbitrais.

F.C Porto e o Benfica tiveram um rendimento desportivo muito semelhante nos últimos 208 jogos, houve uma diferença de 15 pontos entre elas mas somente com a diferença arbitral de 11 penaltis em jogos que se encontram empatados, uma das equipas poderia ter acrescentado diretamente mais 22 pontos que a outra.

F.C Porto e o Benfica, no agregado dos últimos 7 campeonatos, são claramente os 2 clubes que beneficiaram de mais penaltis favoráveis e coincidentemente também foram os dois clubes que conquistaram mais pontos, (F.C. Porto beneficiou de 68 penaltis favoráveis, conquistando 504 pontos em 208 jogos enquanto que no mesmo número de jogos o Benfica beneficiou de 56 penaltis favoráveis, conquistando 489 pontos. O Sporting foi o terceiro clube que beneficiou de mais penaltis favoráveis, 46 no total dos 7 últimos campeonatos, tendo conquistado 390 pontos nesses 208 jogos.

Segue-se o quadro com o total dos penaltis favoráveis destes 2 clubes desde a época de 2008/09 até a 28ª da época de 2014/15, discrimando o resultado que se encontrava no momento em que foram assinalados.


Nos últimos 7 campeonatos o F.C. Porto teve condições para conquistar mais 22 pontos que o Benfica somente com os penaltis favoráveis que ambas as equipas beneficiaram.

Durante esta época 2014/15 estes clubes também já foram penalisados com penaltis desfavoráveis (F.C. Porto sofreu 2 e o Benfica sofreu 3 penaltis). E no agregado das últimas 7 épocas, o F.C. Porto sofreu 18 penaltis desfavoráveis e o Benfica sofreu 24 penaltis desfavoráveis.

Assim, no total existe uma diferença entre estas duas equipas de 18 penaltis (12 nos penaltis que beneficiaram e 6 nos penaltis que sofreram). Estes 18 penaltis justificam a diferença nos titulos arrecadados?


Se fores adepto portista:
Acreditas que terias condições para obter sucesso desportivo, se em vez de 68 penaltis favoráveis tivesses beneficiado de apenas 32 penaltis, uma vez que somente beneficiando de menos 36 penaltis teria competido nas condiçoes em que o Benfica competiu com o F.C. Porto, ou seja, com uma desvantagem de 18 penaltis no saldo de penaltis na competição? 

Se fores adepto benfiquista:
Qualquer adepto benfiquista minimanente informado prefereria jogar nas condições arbitrais com que o F.C. Porto jogou, em vez das condições arbitrias com que o Benfica jogou nos últimos 7 campeonatos. 


Concordas? Discordas?


Sem comentários: